Vantagem Competitiva

Quem tem acompanhado alguns artigos, deve ter reparado que sou um pouco avesso a definições muito “acadêmicas” ou a afirmações incisivas sobre o “certo e o errado” no que respeita a processos, metodologias e teorias ligadas à administração de negócios.

Primeiramente, não acredito em “receitas prontas” e em segundo lugar, com a dinâmica atual do ambiente de negócios, definir as “melhores práticas”, creio, no mínimo, ser uma pretensão aquém das possibilidades de qualquer um, por mais preparado que seja.
Continue Lendo “Vantagem Competitiva”

O Marketing Mix – 4 Ps de Kotler

O Marketing Mix – 4 Ps de Kotler

Outro conceito básico que é fundamental relembrar, é o Marketing Mix ou os “4 Ps” de Kotler.

Será que são só 4? Ou serão 5? Ou serão mais?

No último artigo comentamos sobre as “5 forças” de Porter. Na realidade já existe a discussão se não seria interessante adicionar uma sexta força que seria chamada de “Governo”.
Continue Lendo “O Marketing Mix – 4 Ps de Kotler”

As 5 Forças de Porter

As 5 Forças de Porter

O modelo de análise das 5 Forças de Porter publicado em 1979 na Harvard Business Review é utilizado até hoje em análises de mercado, tanto para determinar a atratividade (valor) desse mercado, como para se obter informações para fundamentar um planejamento estratégico de lançamento de um novo produto ou serviço, ou para um reposicionamento no mercado.

Embora o ambiente de negócios, hoje, seja muito mais sofisticado do que há 30 anos, quando do lançamento do artigo, os princípios básicos do modelo continuam válidos e permitem uma análise rápida e simples do ambiente de competição, sem a necessidade de se ser um especialista em planejamento estratégico, para se fazer essa análise.

Continue Lendo “As 5 Forças de Porter”

Análise PEST

Análise PEST

Voltando aos conceitos básicos, já discutimos sobre marketing, estratégia, negociação, globalização, SWOT e hoje iremos discorrer sobre a análise PEST.

Uma boa fonte de informação para obter dados para o desenvolvimento da análise PEST é o site do Banco Mundial chamado “Doing Business”.

A análise PEST (Political and Legal Aspects, Economic, Social and Technological Aspects) tem por objetivo o estudo e a avaliação das variáveis do ambiente externo onde a empresa funciona ou funcionará.

Continue Lendo “Análise PEST”

Conceito do Berço ao Berço – Cradle to Cradle Design

 

Do berço ao berço – cradle to cradle design

Acredito que este tema é extremamente oportuno, não só pela discussão que haverá em Copenhague, Dinamarca, em dezembro, para discutir as emissões globais de gases-estufa após 2012, quando o Protocolo de Kyoto expira, mas também porque está crescendo uma conscientização mundial de que se ficarmos dependendo da decisão de “meia dúzia” para ver se reduzem 5% ou 5,5% da emissão, não iremos a lugar nenhum, nem nossos filhos e netos irão!

Voltando à frase “do berço ao berço”.

Frase não muito elucidativa mas que contém um conceito genial, primordial, aplicável e fundamental nos tempos correntes.
Continue Lendo “Conceito do Berço ao Berço – Cradle to Cradle Design”

A Arte que Transforma

Ontem tive a grata satisfação de ir ao evento A Arte que Transforma, de comemoração do aniversário de 10 anos de existência da empresa Direção Cultura, do meu amigo Antoine Kolokathis.

Mais do que gratificante, foi ver o trabalho ímpar que sua empresa faz em prol da Cultura e da Arte, e com seus projetos e ações sociais e educacionais.

Um dos motes da Direção Cultura, que transcrevo abaixo, transmite claramente o espírito da empresa, e que pessoalmente endosso e que também acredito como verdade:

Acreditamos que podemos transformar as pessoas através da Arte e da Cultura com Criatividade – Qualidade – Sustentabilidade – Transparência.

Continue Lendo “A Arte que Transforma”

EaD – Educação a Distância – Nova Página

Como a EaD, educação a distância, é um assunto fundamental para o Projeto Rede de Empreendedores, nesta página e subsequentes tratarei dos temas educação, e-learning, a socialização e desenvolvimento do conhecimento e, em especial, um ponto, no qual estou-me especializando,  que é o Design Instrucional.

Acredito que teremos mudanças radicais nos conceitos e nos modelos educacionais nos próximos anos, vários especialistas no assunto já o pregam, mas ainda não tive acesso à leitura de nenhuma proposta concreta ou de um caso de estudo da implementação de um modelo realmente inovador.

Independentemente desse fato, que o processo ensino-aprendizagem vai mudar, é inquestionável, agora, como? É a pergunta de um milhão de dólares…

Para continuar lendo na nova página…