Estratégia de Globalização para PMEs

Lançamos um livro sobCopy of cover4-estrategiademundializacaore Estratégia de Mundialização – Globalização – para Pequenas e Médias Empresas, as PMEs.

Este livro foi escrito em parceria com um amigo, Mário Luís Magnani, e nosso objetivo não é oferecer uma “receita de bolo” ou algum plano estratégico, no sentido convencional ou acadêmico.

Nossa preocupação maior foi a de procurar desenvolver uma visão global, e sistêmica, para que o empreendedor possa ter uma noção do todo o ambiente que o envolve e das influências externas que direta e indiretamente afetam e afetarão, no futuro, o seu negócio.

Então, este livro, como se poderia classificar nas áreas de conhecimento? Em negócios? Em administração? Em acadêmico? Em auto-ajuda?  Em todas elas!

Neste projeto exercita-se a Transdisciplinaridade e a visão sistêmica da realidade.

O empreendedor, para seu sucesso, além de ter que ter claro o conceito de globalização e o conceito de empreendedorismo, deverá ter uma visão panorâmica do ambiente que o rodeia e conhecimento das várias ferramentas disponíveis para buscar e viabilizar o sucesso de seu empreendimento.

Continue Lendo “Estratégia de Globalização para PMEs”

Anúncios

Gestão da Mudança: 59% dos projetos falham

Gestão da Mudança: Só 41 % dos projetos atingem todos os seus objetivos
Durante vários artigos procurei evidenciar a importância de ter uma clara noção do que é a mudança, e de como este claro entendimento está relacionado com o sucesso de qualquer empreendimento e atividade. Além de ter, também, enfatizado o quanto é importante a conscientização e o preparo das pessoas envolvidas.

Continue Lendo “Gestão da Mudança: 59% dos projetos falham”

Gestão da Mudança – Parte 3

“… os homens sempre procuram equacionar os problemas das mudanças, mas jamais se preocuparam com o problema da mudança.”
Ruben Bauer, em “A Gestão da Mudança, Caos e Complexidade nas Organizações

A sentença acima endossa a motivação que orientou o conteúdo dos artigos anteriores (Parte 1 e Parte 2).

Foram apresentados, sucintamente, alguns conceitos básicos sobre complexidade e o comportamento dinâmico das organizações. Temas estes, que serão retomados em futuros artigos.

O objetivo dessa apresentação foi focar nas “causas”, no “problema da mudança” em si, para que, agora, se discuta a gestão da mudança, com uma visão mais abrangente e sistêmica.

Ainda, de acordo com Ruben Bauer, mudanças, no plural, são percebidas como eventos singulares, distintos, uns dos outros, e que afetam uma realidade que sem elas seria estável. E, nos dias de hoje, o que a ciência constata, é que não existem mudanças, o que existe é a mudança. O estado de equilíbrio é um caso-limite particular, num universo em permanente evolução, logo, em permanente mudança. Tudo é fluxo, tudo é transformação, tudo é mudança.

Nas organizações não é diferente. Assim como não o é em gestão, em vendas, ou em qualquer outra atividade ou função.

Continue Lendo “Gestão da Mudança – Parte 3”

O empreendedorismo pode, e precisa, usufruir das vantagens da globalização

A globalização adquiriu uma dinâmica que está a transformar o modo de desenvolver os negócios, assim como o desenvolvimento das organizações.

Novas formas de pensar e quebras de paradigmas fazem-se necessárias, para acompanhar a evolução do mundo contemporâneo.
Continue Lendo “O empreendedorismo pode, e precisa, usufruir das vantagens da globalização”