Arquivo do mês: setembro 2009

Como Publicar um Livro

Embora fuja um pouco do escopo deste blog, acredito que seja uma informação relevante para muitos que gostam de escrever, mas cujas oportunidades, para  verem seu trabalho impresso, sejam escassas. Então, como publicar um livro?

No meu caso, eu tinha na “gaveta” um livro, escrito com um amigo, sobre Estratégia de Mundialização para PMEs, desde final de 2005.

Por uma série de motivos e, também, depois de várias tentativas de contato com editoras, resolvemos deixar engavetado o livro.

Eis que, lendo o blog do Giancarlo Colombo, um amigo, vejo um artigo sobre publicação on-demand, isto é, só é impresso o livro após a compra.

Tiramos da gaveta e publicamos no site clube de autores sem custo nenhum.

Não satisfeitos, ainda, visto que devem haver outras oportunidades para tal, pesquisamos mais um pouco, e temos mais um site, embora com um nome peculiar Lulu, tem uma série de ferramentas ótimas para formatar o livro e também permite a venda por download de pdf (para acrobat reader).

Embora o site seja em inglês, pode-se definir a linguagem do livro, o que facilita para quem procura (por explo: na categoria Negócios, encontrei mais de 900 títulos na língua portuguesa), e se investir um pouco na promoção (neste caso, o serviço não é gratuito), pode ter, inclusive, o livro anunciado na Amazon, na Barnes&Noble, entre outros.

Para terem uma ideia, o link para o nosso livro, lá, é Estratégia de Globalização para PMEs.

Boas publicações!

Web 2.0 e o Empreendedorismo

By Bruno Maia - Icon Texto

Estou no meio de várias atividades simultâneas, por isso a freqüência dos artigos tem diminuído. No entanto, ando, há um par de semanas, pensando sobre este assunto da Web 2.0 e como isto pode ajudar a estratégia dos pequenos empreendedores.

Antes, vou tentar colocar do modo sucinto o que está em elaboração.

Parte do Projeto Rede de Negócios ou Rede de Empreendedores (ver Menu Lateral), é baseada na interação entre Núcleos Produtivos Locais (ou Arranjos Produtivos Locais, ou Clusters). Este é um ponto crucial e de resolução não muito simples, por causa dos diferentes idiomas, costumes, aspectos culturais, facilidades de acesso à rede, familiaridade com tecnologia e, inclusive, suporte local, governamental ou de ONGs.

Continuar lendo

Web 2.0, Modelos de Redes Sociais Emergentes e o Empreendedorismo

Reunião no Fórum Econômico de Davos, de 2007.

Com Bill Gates, pessoal do YouTube, Flickr, Nike, entre outros.

Acabei de assistir o vídeo (o link está abaixo) de uma das reuniões, onde se discutia a Web 2.0, se era uma tendência ou uma simples “buzzword” (“palavra da moda”). Também foi discutido sobre as redes sociais e tendências futuras, da rede.

Além dos pontos vários pontos discutidos, de modo bastante interessante, o que me chamou a atenção foram as palavras finais do moderador: o que se trata, a Web 2.0 e futuras tendências, é de “powershift” (“mudança de poder” ou “troca de mãos” do poder) e de “empowerment” (dar (ou dá) poder às pessoas).
Continuar lendo