Sobre o autor


MarioV3Mario Luis Tavares Ferreira
Campinas, São Paulo – Brasil

Profissional com mais de 30 anos de experiência na área de tecnologia (em automação, hardware, software, segurança e sistemas complexos),  e mais de 20 anos de experiência em gestão de empresas e desenvolvimento de negócios.

View Mario Luis Tavares Ferreira's profile on LinkedIn

CVlattesMarioLuisTavaresFerreira
CV Lattes

E, este blog tem por objetivo disponibilizar informação e conhecimento para empreendedores e pequenos empresários que pretendam usufruir das vantagens da globalização e desenvolver seus negócios com uma perspectiva internacional.

O conceito utilizado neste blog, sobre os direitos autorais, é segundo a Creative Commons Copyright License, ou seja, conhecimento LIVRE.

7 respostas para “Sobre o autor”

    1. Eu que agradeço suas gentis palavras, principalmente de quem vêm, essas palavras. Já fui rapidamente olhar seu blogue e o Lattes.
      Tenho muito que aprender lá e serei seu leitor, sem sombra de dúvida.
      A quem ler este, recomendo a leitura de:

      http://profeduardofontenele.blogspot.com/

      Onde acharão artigos importantes, e links, sobre empreendedorismo e outros assuntos relevantes.

      Estou estudando o processo e conceito de inovação e como analisá-lo frente à aplicação em negócios e criação de valor, devem “sair” alguns artigos sobre isso brevemente.

      Também estou estudando a teoria “spiral dynamics” e “memes” e “vmemes” do Graves (depois Dawkins, Cowan e outros), deve sair algo, brevemente.

      Claro, tudo isto, procurando focar sua aplicação no empreendedorismo.

      E, como “pano de fundo”, tenho vários temas girando em torno de redes de negócios e redes sociais, (explorando a economia da informação), mas ainda está tudo em “ebulição”. Preciso sedimentar e equacionar a “praticidade” desses conceitos e aplicações.

      Mais uma vez, muito obrigado pelas suas palavras de incentivo. Extremamente importantes!

      Um forte abraço,
      Mário Ferreira

      PS: Fiz um “Lattes” simples, caso tenha curiosidade está em:
      http://lattes.cnpq.br/4981093968330979

  1. Prezado Mario Ferreira:

    Desculpe-me utilizar esse canal de comunicação para entrar em contato contigo, mas não encontrei um endereço de e-mail ou formulário para contato.

    Estava lendo seu blog e gostaria de sugerir uma matéria para a página.

    Referida matéria seria sobre o Guerra Creativa.

    A idéia central da página é trabalhar o conceito de crowdsourcing (terceirização) e também dar uma dica na área de inovação.

    Abaixo uma breve explicação:

    Guerra Creativa é uma plataforma para webdesigners e empresários onde permite que empresários solicitem um logo, página web ou outro design gráfico oferecendo uma quantia de dinheiro que está ao seu alcance e a partir deste ponto, os webdesigners trabalharão no seu pedido.

    A página é: http://pt.guerra-creativa.com/ e temos também um vídeo http://www.youtube.com/watch?v=oydrrLqEuJs

    Temos alguns concursos em andamento (veja link abaixo). Acredito que estes são grandes exemplos de Crowdsourcing.

    http://pt.guerra-creativa.com/contests

    No mais, agradeço sua atenção e aguardo um contato.

    Atenciosamente,

    Ana Lucia Gimenez
    Guerra Creativa – Internet Marketing
    analucia.gimenez@connaxis.com

    1. Olá Ana Lucia,

      Muito interessante, a sua iniciativa de aplicação do conceito Crowdsourcing.

      O termo foi cunhado pelo Jeff Howe da revista WIRED, se não me engano, e também em seu livro Crowdsourcing.

      Refere-se a um processo que envolve um grupo grande de pessoas – externo à estrutura de uma organização – que trabalham em conjunto e colaborativamente para gerar e avaliar idéias, solucionarem desafios propostos ou desenvolverem algum tipo de projeto, que usualmente seriam executados dentro das estruturas de uma organização.

      Vou navegar pelo seu site e entrarei em contato.

      Um abraço,
      Mário Ferreira

      1. Prezado Mario:

        Obrigada pelo e-mail.
        Caso necessite de material para escrever, por favor, fale-me.

        Atenciosamente,
        Guerra Creativa – Internet Marketing

  2. Gostei do que didaticamente explicastes sobre (C2C Model) na China. Carregando 1677 criações muitas dentro do espírito (C2C Model) não gostaria de transportá-las no meu ataúde.No Brasil não temos uma Lambert&Lambert e o licenciamento ainda é uma palavra esotérica.Os NITs da academia e dos institutos federais estão ainda meio lerdinhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s