Os Escândalos do Congresso

Não posso deixar de registrar a minha indignação com os últimos eventos, resultantes de atos e práticas tornadas públicas, e referentes à conduta grotesca de certos elementos do congresso nacional.

Embora este não seja o foro para discutir matérias sobre política, o sentimento de civilidade e de cidadania me compele a tomar uma atitude.

Não é mais possível termos deputado com castelo, provavelmente construído com dinheiro público, outros mandando parentes para Paris e Havaí, mensalões, funcionários fantasmas, outros argumentando que não tendo passagens, irá provocar o divórcio, e nós, contribuintes, pagando a conta e tendo que ouvir barbaridades, sem nada poder fazer, no curto prazo.

É uma sequência sem fim de escândalos e “caras lavadas” argumentando que nada de errado está acontecendo, ou comentando que esta situação é mais antiga que a descoberta do Brasil. É óbvio que qualquer cidadão, minimamente inteligente e informado, fica indignado com os escândalos e comentários.

E, pior ainda,  é que todos estes absurdos são publicados no exterior, fazendo com que nossa imagem de idoneidade retroceda décadas atrás e faça lembrar a frase de Charles de Gaulle, presidente francês, quando disse que o Brasil não era um País sério.

Para quem desenvolve negócios no exterior, ou o pretende fazer, este tipo notícia e atitude, é fatal para o modo como será tratado e encarado pelos potenciais parceiros no exterior.

A “turma da farra” de Brasília não tem a menor noção do mal que está fazendo para o País, além dos péssimos serviços prestados à nação, na função de congressista.

Estamos realmente numa situação delicada e sem muitas opções. Não podemos dar o aviso prévio a essa turma, nem dispensar por justa causa, o que é uma injustiça. Quem o deveria fazer, não pode fazê-lo, porque a trama e o comprometimento é tão grande que tudo termina em um beco sem saída e numa grande pizza.

Ensejamos que a próxima geração de votantes, com mais austeridade e precisão, renove toda essa escuma e possamos ter uma nova figura, uma nova perspectiva, um novo perfil de honestidade, ética e competência em nosso congresso.

E, La Nave Va!

Anúncios

2 Respostas para “Os Escândalos do Congresso

  1. Mário L. Magnani

    Texto totalmente pertinente neste momento histórico que estamos vivendo de crise mundial cujo final poderá colocar o Brasil numa situção de privilegiada evidência no cenário econômico. Seu texto nos instiga a imaginar como esse pandemônio político, arraigado na cultura brasileira, prejudicará a imagem do Brasil no exterior e, consequente a imagem dos empreendedores. Por mais estável que o país esteja econômica e financeiramente as parceiras brasileiras com empresas estrangeiras seão prejudicadas não só por escândalos como esses, mas, também, pela legislação altamente burocrática que gera entraves no comércio, e tenta tirar proveito em prol do governo e de si próprio de toda e qualquer movimentação econômica. Infelizmente, nos mesmos, poderemos estragar o futuro que o país sempre buscou.

  2. Olá Magnani, amigo, parceiro e co-autor do livro, que escrevemos juntos em 2005, sobre a globalização e o empreendedorismo.

    Na época, em 2005, já sinalizávamos o que, de fato, ocorreu agora, (esta crise financeira).

    Fizemos até um capítulo só sobre isso, o qual chamamos de “A queda do Império”, se não me engano.

    Muito bem colocado! Estamos em um momento singular, no qual o Brasil pode ter uma posição de destaque na reformulação do cenário internacional.

    Foi derramado muito “sangue, suor e lágrimas” desde o lançamento da URV (para quem se lembra), ou seja, o plano econômico do Fernando Henrique Cardoso, quando Ministro da Fazenda do Itamar Franco, e que, na minha visão, foi quando efetivamente, iniciamos nosso rumo à estabilidade.

    Já deveríamos, ter feito nosso “trabalho de casa”, também, referente à Ética e Honestidade, infelizmente, isso foi “esquecido”…

    Infelizmente, também, isso terá um custo, para nós como Nação. Não existe almoço grátis, já dizia o Milton Friedman. Aliás, existe, mas só na “ilha da fantasia”, em Brasília.

    Grande Abraço,
    ML Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s